Comunicado ABIGRAF NACIONAL 119A/2020 – DECRETO 10.504 / 2020 – IOF – ALÍQUOTA ZERO – PRORROGAÇÃO – CORONAVÍRUS Nº 100

DECRETO 10504 -2020

ABIGRAF NACIONAL / COM – 119A / 2020

– DECRETO 10.504 / 2020 –
– IOF – ALÍQUOTA ZERO – PRORROGAÇÃO –
– CORONAVÍRUS Nº 100 –

Foi publicado o Decreto n° 10.504 / 2020 (DOU – 02.OUT.2020) (anexo) PRORROGANDO a redução da ALÍQUOTA ZERO do IOF incidente sobre operações de crédito até 31.DEZ.2020.

Além disso, também é reduzida pelo mesmo período, a alíquota adicional do IOF de 0,38% (trinta e oito centésimos por cento), incidente sobre essas operações de crédito, a qual tem maior impacto sobre as operações de curto prazo no momento em que as pessoas físicas e jurídicas necessitam de maior liquidez.

A medida beneficia tanto as pessoas físicas, como as pessoas jurídicas, inclusive as optantes pelo Simples Nacional.

Eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas através do e-mail dejur@abigraf.org.br.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Sigep/Abigraf-PR trazem realidade aumentada para a Revista Pré-Impressão

Coerente com a postura sempre defendida por seus diretores de que o empresário gráfico deve ver a tecnologia como aliada e não como inimiga, o Sigep/Abigraf-PR trouxeram a realidade aumentada para uma das capas da edição 124 da Revisão Pré-Impressão, veículo de comunicação das entidades. O recurso tecnológico, que permite expandir a informação impressa no papel de forma mais detalhada para uma tela de smartphone, por exemplo, foi aplicado em parceria com a Two Sides, importante organização de promoção da sustentabilidade da indústria de impressão e de embalagem.

Com um smartphone ou tablet e com o aplicativo Realidade Aumentada Brasil instalado e aberto, o usuário que apontar a tela para página com anúncio da Two Sides verá um pequeno vídeo animado com o desenrolar da vida do papel. O objetivo é exaltar a importância do papel no mundo.

Para o presidente do Sigep/Abigraf-PR e diretor da Realidade Aumentada Brasil, Edson Benvenho, a parceria com a Two Sides nesta ação tem o foco de reforçar o quanto a indústria gráfica precisa se conscientizar para o fato de que é insensatez ignorar as oportunidades que a tecnologia apresenta. “Como escrevemos na chamada do anúncio, o Sigep/Abigraf-PR estão abrindo portas para o gráfico paranaense para que ele enxergue que só impresso não faz mais a gráfica de hoje. Tem que usar todos os recursos disponíveis, e muitos vão além do papel, como a realidade aumentada. Batemos sempre nessa tecla porque é um caminho sem volta”.

De acordo com Benvenho, por mais que alguns empresários conservadores ainda possam enxergar o digital como ameaça, a diretoria das entidades fez questão de colocar o recurso de realidade aumentada na revista justamente para mostrar todo o potencial que uma campanha dessas tem como atração de clientes e de negócios. “Abre-se uma infinidade de possibilidades para o cliente do empresário gráfico explorar em seus negócios. E se for bom para o cliente do gráfico, será bom para o gráfico, seja na área editorial, promocional ou de embalagem. É lógico que de alguma forma a tecnologia impactou negativamente alguns segmentos da indústria gráfica, mas melhor do que tentar evita-la é se adaptar a ela e tê-la ao nosso lado”.

O gerente da Two Sides Brasil, Fabio Arruda Mortara, classificou como “encantador” o trabalho feito na revista Pré.Impressão. “O Sigep/Abigraf-PR são sempre muito criativos e se superaram mais uma vez usando esta tecnologia da realidade aumentada, que tão bem a Midiograf, por meio do seu diretor Edson Benvenho, sabe fazer. É uma grande oportunidade de divulgarmos os conteúdos da Two Sides sobre sustentabilidade, com a pegada ambiental que o papel tem. Podemos falar das florestas cultivadas que sequestram carbono e produzem papel, que traz educação, sonho e magia para o mundo”.

Divulgação – Selo Clima Paraná

Prezadas Associadas

O SELO CLIMA PARANÁ incentiva as empresas paranaenses reduzirem a emissão de Carbono, para combater as Mudanças Climáticas e ampliar a competitividade econômica. São três Selos, que permitem demonstrar, para clientes, fornecedores e para a sociedade em geral, o compromisso de sua empresa com o Desenvolvimento Sustentável.
Seguem abaixo mais informações referente à iniciativa.
Atenciosamente,

Edson Benvenho
Presidente
SIGEP / ABIGRAF-PR

Prezados,

Até o dia 30 de setembro, é possível enviar a Declaração de Emissões de sua indústria para participar do SELO CLIMA PARANÁ, Edição 2020.

O SELO CLIMA PARANÁ, instituído pela Resolução SEDEST nº 47/2019, é um instrumento de incentivo à participação das empresas paranaenses no Registro Público Estadual de Emissões de Gases do Efeito Estufa. Para maiores informações, acesse o site www.conexaoambiental.pr.gov.br/Pagina/Selo-Clima-Parana

Os certificados serão encaminhados eletronicamente para as empresas que se enquadrarem nas normativas do Selo CLIMA PARANÁ.

Em função da pandemia, não está prevista a Cerimônia Solene de outorga neste ano.

Permaneço à disposição.

Atenciosamente,

Paulo Henrique Quintiliano Moura
Coordenação de Sustentabilidade
(41) 3271-9188
www.sistemafiep.org.br

:: Guia de Boas Práticas Ambientais Two Sides ::

Prezados (as), boa tarde

Neste mês, queremos compartilhar com nossos membros a nova publicação de Two Sides: O Guia de Boas Práticas Ambientais. É uma iniciativa de Two Sides Brasil. É um ótimo material para Endomarketing.

Além disso, selecionamos alguns materiais de Two Sides que ajudarão a esclarecer seus públicos de interesse sobre o quão eficaz e sustentável é o papel.

Junto a esse email, encontram-se:

• artigo “PAPEL É EFICAZ E INSPIRA MAIS CONFIANÇA”

• factsheet O PAPEL É UM DOS POUCOS PRODUTOS VERDADEIRAMENTE SUSTENTÁVEIS

Dúvidas estamos à disposição.

Bom final de semana a todos.

Fact-Sheets_-10_PAPEL-SUSTENTÁVEL

Papel é eficaz e inspira mais confiança

Cartilha sobre Orientações para Indústria Gráfica durante a pandemia COVID-19

Nesta última terça-feira (05/08), foi lançada a Cartilha Coronavírus COVID-19 Orientações para Indústria Gráfica. A apresentação do material foi realizada durante a Live Como ser Mais Forte no “Novo Normal”.

O objetivo do guia oficial é orientar o setor na implantação dos protocolos preventivos, conforme requisitos legais, em prol da segurança dos trabalhadores, clientes e fornecedores.

Faça o download do arquivo no Link abaixo.

Abigraf – Manual Coronavirus digital_versao final (1)

Para mais informações ou dúvidas, entre em contato conosco dmark@abigraf.org.br .
Juntos somos mais fortes!

PAPEL É EFICAZ E INSPIRA MAIS CONFIANÇA

As revistas e os jornais impressos vêm sofrendo um grande impacto negativo em suas vendas, em consequência da pandemia. Isso representa uma grande perda para a sociedade. É fato que a comunicação via internet é muito rápida e barata e tem potencial para chegar a qualquer lugar. Há ótimos canais informativos on line, com bons conteúdos e confiáveis. Infelizmente, junto com essas informações seguras, as mídias sociais descarregam uma avalanche descomunal de fake news e conteúdo de baixíssima qualidade, produzidos por pessoas ignorantes ou mesmo mal intencionadas, com os mais malignos objetivos.

Nesse cenário, os veículos de comunicação tradicionais se mostram muito mais confiáveis, porque mantêm equipes de profissionais experientes em levantamento e checagem de informações. A mídia impressa, em particular, inspira ainda mais confiança – sua materialidade sugere que a informação é também menos volátil. Esse sentimento, por parte do público em geral, tem sido verificado por diferentes pesquisas, em diversos países.

A maior confiança nas informações impressas também se estende à comunicação publicitária. Já aprendemos da crise anterior, da qual nem chegamos a sair direito, que os atores econômicos tendem a optar pelas mídias eletrônicas para promover seus produtos e serviços, acreditando que o pequeno investimento que essas mídias demandam é uma vantagem concreta. Na crise atual, decorrente da pandemia, essa atitude deve ser novamente esperada. O grande desafio das empresas e associações da cadeia da mídia impressa é demonstrar que essa análise é uma ilusão.

Quando se trata de comunicação publicitária, caro ou barato depende dos resultados. Aliás, essa lógica se aplica a todo tipo de investimento. O relevante não é o total aplicado, mas o retorno por Real investido. Pesquisas mostram que os impressos promocionais, se bem feitos, bem desenhados, direcionados corretamente ao público desejado, dão muito mais retorno que as mídias eletrônicas. As pesquisas também mostram que o mix de mídia que inclui os impressos sempre dá mais resultado.

Esses fatos precisam ser divulgados para os formadores de opinião e para os decisores, junto com as informações sobre as vantagens ambientais dos impressos e produtos feitos de papel, cartão e papelão ondulado.

No mundo inteiro, inclusive no Brasil, a campanha Two Sides vem desenvolvendo esse trabalho e informando que, além de suas vantagens ambientais, papel, cartão e papelão são eficazes e constituem boas opções para comunicação e embalagem.

Equipe Two Sides Brasil
www.twosides.org.br

Two Sides é uma organização global, sem fins lucrativos, criada na Europa em 2008 por membros das indústrias de base florestal, celulose, papel, cartão e comunicação impressa. Two Sides promove a produção e o uso conscientes do papel, da impressão e das embalagens de papel, bem como esclarece equívocos comuns sobre os impactos ambientais da utilização desses recursos. Papel, papelcartão e papelão são provenientes de florestas cultivadas e gerenciadas de forma sustentável. Além disso, são recicláveis e biodegradáveis.

Junho, 2020

A Hora da Inteligência de Embalagem

A embalagem existe para atender as necessidades e anseios da sociedade e para ajudar as empresas a se comunicarem melhor com seus consumidores

Fábio Mestriner*

Vivemos dias estranhos. O andamento natural da vida, o progresso e o desenvolvimento da humanidade foram repentinamente sequestrados por um vírus que escapou da China. Uma onda de perplexidade, seguida de histeria no noticiário, instalou a dúvida entre as pessoas que já não sabem mais em quem e no que acreditar. Há dúvidas de todos os tipos e para todos os gostos. Neste momento delicado, precisamos estar atentos para não correr o risco de embarcar em narrativas alarmistas, tendenciosas e sem fundamento algum, mas que são sempre apresentadas com pompa por autoridades, especialistas e instituições de prestígio, todos tentando emplacar sua versão sobre o que está acontecendo.

Nós, do setor de embalagem, estamos preocupados com a continuidade da vida e dos negócios, pois sabemos que a embalagem existe para atender as necessidades e os anseios da sociedade. A história nos ensinou que ela tem estado na linha de frente quando surgem problemas graves como guerras, catástrofes e epidemias. Portanto, antes de ir atrás do noticiário e das análises e previsões de todo tipo que vêm sendo disseminadas, vamos colocar o foco do nosso olhar naquilo que conhecemos com mais segurança.

Sabemos que, no mundo pós-pandemia, as pessoas continuarão escovando os dentes, lavando as mãos, tomando café da manhã, almoçando, jantando, bebendo, tomando medicamentos, cuidando de sua higiene pessoal, limpando suas casas, cuidando de seus animais de estimação e de seus filhos, indo a shopping centers e restaurantes, comprando pela internet. Sabemos que a embalagem vai continuar existindo e que muitas delas se tornarão ainda mais relevantes no novo cenário e em nossas vidas.

Agora é a hora da Inteligência de Embalagem, pois, se existe algo que já sabemos é que a embalagem representa um valor importante na composição do custo do produto. Ela é um investimento que o fabricante faz para protegê-lo e torná-lo mais atraente aos consumidores, permitindo que ele chegue em perfeitas condições nos mais distantes pontos do país e até de outros continentes.

E esse custo não pode mais servir apenas para carregar o produto! A embalagem precisa cada vez mais ajudar o negócio da empresa. A função de contribuir com o negócio ganha especial relevância depois desta tragédia que se abateu sobre a humanidade, e por isso a inteligência passa a ser um item de extrema importância em tudo o que formos fazer.

Não é mais possível tratar de qualquer maneira algo estratégico como a embalagem, um item que, comprovadamente, tem impacto no desempenho do produto e, consequentemente, do negócio. Utilizar a embalagem de forma inteligente requer que a empresa se aproprie de todos os recursos por ela oferecidos, ou seja, ir além de utilizá-la apenas como um meio para fazer a entrega do produto ao consumidor.

Como poderosa ferramenta de marketing, a embalagem precisa trazer informações, comunicações que construam relacionamentos, fortaleçam a marca e estimulem a recompra. Os cartuchos de papelcartão, por exemplo, possuem seis lados para receber a impressão de informações. Esses painéis podem conectar o consumidor ao site e às redes sociais da empresa, convidando-o a interagir e saber mais sobre o que está comprando, a participar de promoções, obter descontos nas próximas compras e assim por diante. Existe ainda um programa completo de ações que podem ser desenvolvidas a custo zero, tendo a embalagem como suporte, pois o custo dela já foi pago ao ser adquirida pela empresa.

Não importa o que vai acontecer, existe algo que podemos fazer agora com nossos próprios recursos e que depende apenas de nós mesmos. Podemos utilizar as embalagens de forma mais inteligente e explorar todos os recursos que ela nos oferece para tornar os produtos mais interessantes e efetivos na conquista da preferência das pessoas. A grande oportunidade que este momento dramático nos oferece é a de rever nossos conceitos e olhar com mais atenção para aquilo que está próximo: aqueles que se dedicam a aprimorar sua atenção conquistam o que está distante!

*Fábio Mestriner é consultor da Ibema Papelcartão. Designer, professor do curso de pós-graduação em Engenharia de Embalagem do IMT Mauá e autor dos livros Design de Embalagem – Curso Avançado, Gestão Estratégica de Embalagem e Inovação na Embalagem – Método Prático.

Xitron e ALEPHGRAPHICS iniciam pacote de estímulo para Indústria Gráfica

— Fornecendo planos de pagamento sem juros para softwares RIP, Fluxos de Trabalho e Interfaces

A Xitron, uma subsidiária da Global Graphics PLC e desenvolvedora do RIP Navigator baseado em Harlequin e softwares para fluxo de trabalho para impressão offset, flexográfica, digital e jato de tinta de alta velocidade, em parceria com a ALEPHGRAPHICS aprovou um plano para ajudar a indústria gráfica que foi fortemente afetada por paralisações devido à pandemia mundial do COVID-19. O programa permite que essas empresas comprem o software RIP e fluxo de trabalho necessários, com pouco desembolso de caixa e pagamentos sem juros, permitindo que direcionem recursos para a retenção de funcionários e insumos.

“Reconhecemos o estresse de todas as empresas e queremos fazer algo que impactará positivamente nosso mercado”, disse Karen Crews, presidente da Xitron. “Esses planos fornecem aos nossos clientes os softwares para otimizar as operações de pré-impressão sem afetar adversamente seu fluxo de caixa”.

A maioria dos pacotes são elegíveis sob as diretrizes do programa da Xitron, incluindo atualizações de RIP Harlequin, novos softwares RIP Navigator, fluxos de trabalho Sierra Workflow, kits de interface CTP/CTF Blue Box, software Raster Blaster e sistemas de tinteiro automáticos para impressoras Offset Keysetter, como o Ryobi Ink Saver, que é um Windows 10 de 64 bits substituto compatível para o Ryobi Ink Volume Setter. Os planos de pagamento sem juros estão disponíveis de 90 dias a 12 meses, dependendo do pacote.

Com os produtos Xitron Navigator, todas as opções disponíveis, como TRAPPING, CIP3, provas, retículas estocásticas, etc., serão ativadas durante os primeiros 60 dias, para que os usuários possam experimentar funcionalidades adicionais sem nenhum custo. “Estamos trabalhando em estreita colaboração com a ALEPHGRAPHICS para identificar os usuários que enfrentam decisões difíceis que essa pandemia criou na indústria gráfica”, continuou Crews. “Com a ajuda e participação da ALEPHGRAPHICS no programa, esperamos fornecer uma ‘ajuda’ financeira as empresas que precisam”.

Esse programa também pode ser utilizado para clientes que querem legalizar seus softwares RIP Harlequin e/ou atualiza-los para a última versão, tendo assim suporte do fabricante e todas as funcionalizadades do RIP Xitron Navigator versão 12.

Como suporte da Microsoft ao Windows 7 terminou, isso significa que não haverá atualizações de segurança, deixando as plataformas baseadas no Windows 7 abertas a invasões. Existem riscos legítimos que podem causar à sua equipe de TI algumas dores de cabeça. Malware e Ransomware estão no topo da lista de possibilidades, portanto, a atualização do sistema operacional da sua plataforma RIP merece uma consideração séria. Mover o RIP e o Sistema Operacional para plataformas de 64 bits juntos cria um ambiente de atualização limpo. O desempenho aprimorado, a estabilidade e a precisão interpretativa do primeiro RIP compatível com PDF 2.0 tornam a combinação do Windows 10 e do Harlequin V12 uma vitória para todos.

Sobre a Xitron
A Xitron desenvolve sistemas e interfaces avançados de fluxo de trabalho para impulsionar os dispositivos de saída legados novos e mais populares do setor de pré-impressão, prolongando os investimentos de nossos clientes. Além disso, as soluções de fluxo de trabalho da sala de impressão da Xitron ampliam a funcionalidade dos consoles de impressão de vários fabricantes líderes de mercado. As soluções Navigator RIP da Xitron, Raster Blaster TIFF Catcher e Sierra Workflow são reconhecidas como padrões de pré-impressão. Construídos com base na tecnologia principal Harlequin RIP da Global Graphics e no Adobe PDF Print Engine da Adobe Systems, os engenheiros da Xitron continuam a desenvolver soluções para o mercado de artes gráficas, impulsionando centenas de diferentes modelos de sistemas de Imagesetter (CTF), Computer to Plate (CTP), sistemas de prova, impressoras a jato de tinta e impressoras digitais. Com mais de 35.000 RIPs, a Xitron é o maior desenvolvedor independente de RIP Harlequin do mercado e é uma subsidiária da Global Graphics PLC.